Tecnologia irá auxiliar na fiscalização contra irregularidades em Florianópolis

Balanço Geral Florianópolis

De segunda a sábado, às 11h50

A Prefeitura de Florianópolis irá começar a utilizar serviços tecnológicos para monitorar construções irregulares, desmatamento e invasões pela cidade.

O monitoramento via satélite e o uso de drones vão auxiliar no processo, um sistema inteligente consegue identificar os pontos com alterações significativas descartando a necessidade de um monitoramento manual. A atualização dos registros via satélite é mensal, tudo que for apontado como suspeito irá gerar um relatório.

Os drones serão usados para obter mais qualidade nos registros, eles possibilitam uma resolução até 100 vezes maior que os satélites. Os sobrevôos serão feitos pelos próprios técnicos da empresa responsável pelo serviço, o contrato com a Prefeitura prevê até 250 operações por mês.

Os principais focos do monitoramento são os desmatamentos, as construções irregulares e a abertura de ruas sem autorização. Atualmente, a fiscalização é feita através de ouvidorias, denúncias e vistorias, porém, a demanda é grande e o monitoramento manual não é tão eficaz.

Por meio de geo-referênciamento, a Prefeitura vai saber o local exato onde a ocorrência foi gerada e pode mandar um fiscal direto para o endereço. O objetivo é combater as irregularidades antes que se tornem problemas sociais, como é o caso das mais de 160 áreas invadidas da cidade.

O projeto está em fase de ajustes finais, a expectativa é que os primeiros relatórios sejam entregues à Prefeitura ainda este mês.

Mais vídeos