Elevar preço pode ser prática abusiva e crime contra o consumidor

Balanço Geral Itajaí

De segunda a sábado, às 11h50

O Ministério Público de Santa Catarina divulgou na última sexta-feira (13) uma nota técnica alertando os fornecedores de produtos hospitalares, farmácias, drogarias, mercados e supermercados, que a elevação injustificada do preço dos produtos de prevenção e combate contra o coronavírus configura prática abusiva e crime contra o consumidor e a economia popular. Veja!

Mais vídeos