CPI dos respiradores: cinco testemunhas prestam depoimento

ND Notícias

De segunda a sexta, às 19h10

Cinco pessoas foram ouvidas sobre a questão dos respiradores nesta quinta-feira (14) na Alesc. Foram mais de cinco horas de depoimentos.

Neste primeiro momento, o foco é identificar os mecanismos de compra durante a pandemia.

O advogado Leandro Adriano de Barros, que segundo as investigações é o homem de confiança do ex-chefe da Casa Civil, foi quem mais falou. O depoimento dele ressalta a forma amadora com que o Estado conduziu a compra dos equipamentos.

Veja a reportagem completa do ND Notícias.

Mais vídeos