Prefeito de Blumenau veta projeto que cria ‘Dia do Orgulho LGBT’

SC no ar

De segunda a sexta, às 7h

Dois assuntos polêmicos chamaram a atenção, em Blumenau. Depois da extinção da companhia urbanizadora da cidade, o município já gastou mais de R$ 10 milhões para manutenção dos serviços. E nesta quinta-feira (11), o prefeito da cidade vetou o projeto que cria o dia do orgulho LGBT.

A proposta havia sido aprovada pela Câmara de vereadores e aguardava a sanção para se tornar lei. Conforme o projeto apresentado pelo suplente Lenilso Silva em 2017, a comemoração seria no dia 28 de junho, data a ser incluída no calendário oficial de eventos do município.

O prefeito Mario Hildebrandt ainda não justificou a decisão. Ele prometeu enviar a justificativa do veto ao legislativo nesta sexta (12). De acordo com o suplente, o objetivo do projeto é reafirmar a reflexão sobre a identidade da população LGBT e sobre a violência contra a classe.

Mais vídeos