Superlotação do presídio de Joinville volta a ser debatida por lideranças da segurança pública

SC no ar

De segunda a sexta, às 7h

A superlotação do Presídio Regional de Joinville voltou a ser assunto de debate entre lideranças da segurança pública. O local corre o risco de ser interditado novamente.

No encontro desta quarta-feira (19) que reuniu representantes da justiça, comunidade e Departamento de Administração Prisional, foi debatido o risco de colapso no presídio da cidade.

O juiz João Marcos Buch, titular da Vara de Execuções Penais da Comarca de Joinville, foi enfático ao cobrar investimentos do Estado e disse que Santa Catarina não pode ficar omissa diante da situação.

Hoje o presídio de Joinville tem 1130 detentos para 611 vagas. O limite é 840. Outro problema apontado pelo juiz é a questão dos agentes penitenciários, sendo apenas 87, quando o ideal seria 230.

Mais conteúdo sobre

Mais vídeos