Conteúdo por Gazeta Esportiva

Brasil dá adeus no vôlei de praia e soma sua pior participação em Jogos Olímpicos

Derrota de Alison e Álvaro impôs ao Brasil o pior resultado desde a inclusão da modalidade nos jogos, em 1996, Atlanta (CAN)

O vôlei de praia brasileiro se despediu dos Jogos Olímpicos de Tóquio nesta terça-feira. A dupla Alison e Álvaro enfrentou os letões Plavins e Tocs e foi eliminada ao perder por 2 sets a 0 (21/16 e 21/19) no Shiokaze Park.

Alison e Alvinho pararam na dupla da Letônia; Brasil faz sua pior participação nos Jogos Olímpicos – Foto: COB/divulgaçãoAlison e Alvinho pararam na dupla da Letônia; Brasil faz sua pior participação nos Jogos Olímpicos – Foto: COB/divulgação

O letão Plavins anotou o primeiro ponto da partida ao fugir do bloqueio. A dupla brasileira foi buscar e liderou até a metade do set.

Os letões então passaram o marcador com 13 a 12 a partir dos erros excessivos de Alison e Álvaro. Administrando a vantagem, os adversários fecharam o primeiro set com 21 a 16.

O Brasil começou melhor e liderando o segundo e decisivo set, mas a reação da Letônia veio mais cedo – abrindo dois pontos, Plavins e Tocs seguraram o ritmo de Alison e Álvaro.

A dupla da Letônia fechou o último set por 21 a 19 e garantiu a vitória – eles avançam para as semifinais e enfrentam a dupla norueguesa formada por Mol e Sorum.

Brasil tem o pior desempenho da história

Desde a estreia do vôlei de praias em Olimpíadas, nos Jogos de Atlanta, em 1996, o Brasil chegou ao pódio pelo menos duas vezes, entre homens e mulheres. Na Olimpíada de Tóquio, essa possibilidade não existe mais. No feminino, Agatha e Duda e Ana Patrícia e Rebecca já estão eliminadas. Assim como Bruno Schmidt e Evandro no masculino, que perderam justamente para a dupla letã.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...